Minhas Canções.

domingo, 21 de dezembro de 2014

Feliz Litha!

O Solstício do Verão, marca do dia mais longo do ano, quando o Sol está no seu zênite. Momento em que o poder do sol esta em todo o seu esplendor. Onde a força da natureza já renasceu e floresceu e mostra toda a sua exuberância, força e beleza nas flores e folhas.   
O Solstício do Verão é uma época tradicional, em que os Bruxos colhem as ervas mágicas para encantamentos e poções, pois acredita-se que o poder inato das ervas é mais forte nesse dia. É o momento ideal para as ler o tarot, runas, os rituais de cura e o corte de varinhas divinas e dos bastões. Todas as formas de magia (especialmente as do amor) são também extremamente potentes na véspera do Solstício do Verão, e acredita-se que aquilo que tudo que for sonhado, desejado ou pedido na noite da Litha se tornará realidade.
Os antigos povos da Europa acreditavam que, nessa noite, Puck, Pã e todos os Elfos, Fadas, Duendes e Gnomos andavam correndo pelos campos e florestas e poderiam ser facilmente vistos e contatados. 
É uma época de fartura e celebração. 
Vamos celebrar a abundância, o alegria, o brilho da vida.
Vamos celebrar o amor, a união familiar, as amizades verdadeiras, a fartura dos alimentos.
Vamos agradecer a vasta colheita, a saúde de todos que amamos, a alegria que nossos  animais protetores nos proporciona.
Vamos agradecer pela equilíbrio da palavra sábia no momento certo.
Vamos agradecer pela alegria da vida.
Bênção e luz.
Lunna

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Mudanças...

As vezes não conseguimos enxergar que para tudo existe uma solução...
Para tudo existe uma saída...
Para tudo existe um novo olhar...
Para isso acontecer basta aceitarmos as mudanças...
Não brigar contra a maré...
A dor pode até te acompanhar, mais com o tempo ela também ameniza e você acostuma com ela.
Lunna

quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

Mar...

O perfume que suas ondas me trazem enchem meus pulmões com vitalidade e esperança...
Seu vento me traz um calma que nenhum outro elemento consegue...
Como as ressacas das ondas, tudo pode mudar, se recolocar e recomeçar...
Na serenidade do mar, encontro paz...
Lunna

quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Retalhos...

A paixão que virou amor, que virou loucura, que virou prisão...
Amar!!! Uma vez, já foi o suficiente para essa existência.
Você me tomava todo o fôlego, se entranhou através de músculos e vasos de meu corpo.
Você virou meu DNA permanente,e eu nem percebi que você tinha me tomado por completo...
Alma, coração, espírito e razão... 
Tudo era você me possuindo até que perdesse a razão e a noção do planeta.
E um dia quando acordei e você tinha ido embora, percebi que não me reconhecia mais, que tinha me transformado em você, que tinha me perdido de mim completamente e, nem senti que essa metamorfose aconteceu.
Meu corpo sofria em agonia por não ter mais suas mãos. Mais o meu coração esse foi o que sentiu mais profundamente o acidente, ele simplesmente se estilhaço em pequenos pedaços. 
O cérebro, lúcido em todos os momentos, não conseguia comandar... 
Meu corpo mandava que levantasse, que tomasse as rédias da vida, da minha vida, e ai descobri da forma mais vil que esses dois órgãos nunca funcionaram em harmonia.
Não adiantava ele mandar, o coração quebrado simplesmente ignorava a ordem.
E mais uma vez me pedi de mim mesma...
Lunna

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Única

O que você tem, todo mundo pode ter...
Mas o que você é, ah isso ninguém pode ser.
(Clarice Lispector)

Ninguém pode ser você, porque você é um ser único, uma alma única, um espírito único que busca somente a existência da felicidade...

Somos seres imperfeitos que viemos ao mundo para ser feliz.
E isso é tão simples, que nós tornamos complicado...
Lunna

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Saudades


Saudade é uma fome sempre presente dentro do peito.
Como um combustível, essa saudade consome tudo dentro deixando um buraco profundo, sem bordas, sem apoio...
Lunna

quinta-feira, 13 de novembro de 2014

E ai, você pensa...


Você pensa que a sua dor é a maior do mundo, e é nesse momento....
Você pensa que nunca vai parar de chorar, mais vai, em algum momento...
Você pensa que esse momento vai se perpetua para toda a sua vida, e vai, se assim você permitir..
Você pensa que você nunca vai superar, mais ai, um dia você supera...
Lunna